ATENDIMENTO: 0800 602 67 69

Vai começar a estudar para concursos? Confira as dicas de como se preparar começando do zero!

Alguns critérios vão ajudar você a se organizar, construir uma rotina e um planejamento eficaz para iniciar essa jornada de estudar para concursos do zero.

Começar a estudar para concursos é uma rotina diferente que requer planejamento, foco e organização, e claro um tempo de adaptação. Muitas pessoas quando decidem estudar para concurso pela primeira vez, ficam cheias de dúvidas e não sabem por onde iniciar essa maratona, conclusão: acabam cometendo muitos erros e perdendo um tempo precioso.

A escolha do concurso, do local de estudo, as matérias iniciais para estudar, entre outras questões, são essenciais para que o aluno possa se organizar e adquirir hábitos que vão ajudar muito nesse novo desafio.

O que dizem nossos especialistas!

No artigo dessa semana, o blog convidou dois especialistas para dar dicas sobre como começar a estudar para concursos. Nossos professores Emerson Douglas, auditor do TCU e que ministra aulas de LODF e regimento do Senado, e Sérgio Gaúcho, de Direito Administrativo, LODF e Legislação de Tribunais, responderam nossas perguntas de maneira simples e objetiva.

Então aproveita para ler tudo com muita atenção e colocar em prática para obter os melhores resultados.

Quando o aluno começa a estudar para concursos, como escolher o certame para o qual estudar?

Essa é a grande dificuldade para a maioria dos estudantes. Se você ainda não definiu o “concurso dos seus sonhos”, comece estudando as disciplinas que são comuns na maioria das provas. Depois que sair um edital específico, concentre-se nele.

Para quem precisa, urgentemente, passar em concurso por questões financeiras, procure aquele que é menos concorrido, pois, você terá mais chances e terá mais tranquilidade financeira para se preparar para outros níveis.

Quem possui condições de ficar apenas estudando, com o apoio da família, invista no seu sonho. Aproveite essa oportunidade e se mantenha firme no propósito. Infelizmente, algumas pessoas ao passarem em concurso com um nível de concorrência e dificuldade menor, acabam se acomodando e desistem de continuar.

• IMP PLANNER

Atenção aos editais iminentes

O ideal é mirar o mais viável, o que tiver mais chance de o edital ser publicado. Agora mesmo estamos num momento forte para concursos da área policial. Em outras palavras, acredito que quem vai mirar em um concurso deve se despir de quaisquer preconceitos. Concursos policiais são excelentes oportunidades, não podem ser ignorados pelos novos concurseiros.

Também existem os concursos que são os sonhos dourados de praticamente todo mundo. Aí pensamos em Senado, TCU, Câmara dos Deputados, TCDF e CLDF. O TCDF deverá retomar seu concurso muito em breve. Já o TCU deve lançar edital em meados de 2021.

Outro que tem boas chances de publicar edital antes do TCU é o Senado Federal. Geralmente são concurseiros mais experientes que passam nesses mais disputados. Mas sempre há novatos que se dão bem. Eu não desprezaria nenhum desses. Tudo é possível!

Ah, concursos locais podem excelentes opções. Aqui no DF mesmo deveremos ter certame para a Secretaria de Educação. Nos estados, as Assembleias Legislativas são as meninas dos olhos. Municípios também oferecem boas oportunidades.

Por quais matérias começar a estudar para concursos?

Inicie seus estudos por aquelas matérias que você tem mais facilidade ou que gosta mais. Caso já tenha estudado alguma disciplina antes, retome os estudos por ela. É importante que nesse início, você escolha uma matéria ou até mesmo um assunto específico para que o estudo flua com mais naturalidade, para que consiga ir subindo degraus. Fazendo uma analogia com treinamento físico, se você não gosta de correr, não adianta começar pela corrida, porque logo irá desistir.

Atenção as matérias básicas

Língua Portuguesa, Direito Constitucional e Direito Administrativo formam o trio essencial, que costuma ser cobrado em todas as provas. Agora existe uma tendência muito forte de Matemática e Raciocínio Lógico. Isso se explica pelas poucas vagas que têm sido oferecidas nos concursos e pela grande concorrência. Em outras palavras, pela sua dificuldade inerente, Matemática e Raciocínio Lógico entram para derrubar muitos candidatos.

O trio essencial vira um quarteto fundamental. Para tanto, existem cursos básicos aqui no IMP e também a Platinum. Em termos de organização de estudos, acaba facilitando muito. Basta o aluno ter em mente que aula assistida deve ser estudada e revisada. Só assim poderá haver um aproveitamento excelente das aulas.

Quantas horas diárias de estudo?

O estudo deve ser algo a ser encaixado na rotina do aluno. Se ficar esperando um dia ideal, sem nenhum problema, não vai estudar nunca. A gente deve estudar mesmo com as dificuldades intrínsecas da vida.

Obviamente que quanto mais horas diárias, menor será a quantidade de dias para vencer toda a matéria.  Mas estudar quinze minutos é melhor do que não estudar. O mais importante é estudar todos os dias, inclusive finais de semana, nem que seja por apenas quinze minutos ou meia hora. Estude sempre para manter a frequência. Estudo é persistência.

Dessa forma, fazer um curso presencial tende a ser um jeito de ajudar o concurseiro a se organizar. O que estudarei hoje é a aula que assisti. Havendo tempo, vou revisar uma outra aula e por aí vai.

Métodos de estudo intercalados

Os métodos de estudo intercalado com pausas programadas (como o Pomodoro) são muito eficazes. Existem vários, o candidato deve experimentar um ou alguns para ver qual estilo combina melhor com ele. Mas eu faço o meu. A cada hora, estudo 50 minutos e pauso 10 minutos. Depois de três horas, uma pausa maior, de meia hora, por exemplo.

Como fazer um bom planejamento de estudos para começar a estudar para concursos?

Faça uma agenda semanal. Use uma parte do domingo para organizar a semana seguinte. Separe as tarefas que são obrigatórias no seu dia a dia. E faça um planejamento possível de ser cumprido. No início, talvez precise fazer algumas adaptações, mas ao longo das semanas, você irá fazendo os ajustes.

Se não se sentir capaz, há excelentes profissionais de coaching e mentoria que podem colaborar.

• Preparação presencial (DF) – TURMA PLATINUM

Quais seriam as metas a curto prazo para quem vai começar a estudar para concursos?

Vencer assuntos! Estabeleça metas por disciplina e dentro delas escolha tópicos que deverá vencer na semana. Por exemplo, em Direito Administrativo, nesta semana estudarei Administração Direta e Indireta e, assim, sucessivamente.

E as metas a longo prazo?

A aprovação do concurso! Essa é a sua grande meta!

Para quem está estudando com edital publicado, a meta é a data da prova, ou seja, na semana anterior a prova, ter estudado todo o edital.

Mas para quem está começando a estudar, a meta a longo prazo é vencer disciplinas, matérias. Por exemplo, a meta de curto prazo é ato administrativo. A meta de longo prazo é estudar todo o conteúdo de direito administrativo.

Sugiro que pegue um edital passado do concurso que pretende fazer. Utilize esse edital para definir suas metas. Fixe uma data para vencer o edital. Venceu essa meta, comece tudo novamente até a sua aprovação.

• COACHING 2.0

Onde estudar?

No local mais sossegado possível. Na sua casa, na biblioteca ou em salas de estudos. O local deve ter boa luminosidade, sem barulho, preferencialmente, com acesso à internet para consultar aquela dúvida que as vezes solucionamos até num site de busca.

Atualmente, os cursinhos oferecem salas de estudos, que são locais excelentes. Além disso, é bom estar num local onde todos estão estudando, porque você começa a viver aquela “atmosfera”, aquele “estilo de vida”. Isso é motivador. Pessoas que estão no mesmo ritmo, com o mesmo objetivo. Nesses ambientes, você ficará até envergonhado de parar de estudar….

Qual o material de estudo adequado?

Novamente, isso depende de cada um. É importante que você tenha o seu material escrito, manuscrito ou digitado, mas seu! Aquele que você montou. Pode ser até anotações no livro, na apostila, mas organize de forma que você tenha uma fonte de consulta rápida para revisão. Nesse ponto, os resumos e mapas mentais são excelentes. Mas o ideal é que você mesmo tenha feito esse material.

Fazer um curso que aborde as principais matérias cobradas em concursos é uma boa para quem vai começar a estudar para concursos?

É EXCELENTE! Existem disciplinas que são comuns, que são cobradas na grande maioria dos concursos. Formar essa base é o primeiro passo para adquiri ritmo e hábito de estudo.

• Disciplinas básicas para concursos públicos

Depois de estudar as matérias comuns, qual o próximo passo?

Estudar aquelas disciplinas específicas para o concurso que pretende fazer e revisar. Por isso, o ideal é que o candidato faça um curso presencial, pois tanto as matérias básicas quanto as específicas vão sendo dadas sem afobação. E o candidato vai assistindo às aulas, estudando e revisando. É um processo.

Resolução de exercícios é uma boa estratégia para quem vai começar a estudar para concursos?

Não há aprovação em concurso sem resolução de exercícios. Existe uma técnica chamada de estudo reverso, onde o estudante verifica as questões mais cobradas naquela disciplina e, a partir daí, busca a teoria. Acho válido. Porém, para quem está começando os estudos, irá se sentir perdido.

O ideal é ler a teoria de um determinado assunto e fazer algumas questões (entre 10 a 20) relacionadas ao tema. Ao final da disciplina, refaça todas as questões e elabore um simulado da matéria com outras questões ainda não resolvidas.

Resolva a questão e logo em seguida confira o gabarito. No início, é até melhor estudar com questão gabaritada, para que você veja como está sendo cobrado nos concursos de forma imediata. Não use a resolução de exercícios para testar seu desenvolvimento nos estudos. Você será testado no dia da prova.

Agora é a hora de treinar, de aprender como fazer. É a hora de errar para acertar no momento correto. Aprender com os erros é a frase ideal para quem estuda para concursos.

Quais os erros mais comuns que são cometidos pelos alunos no início da jornada de estudos?

  • Achar que assistir a uma aula é o mesmo que estudar. Não é. Primeiro assistimos à aula, depois estudamos aquele conteúdo.
  • Outro pecado é não revisar o que estudamos. As tais curvas de esquecimento existem, sim.
  • Outro vacilo é não responder as listas de exercícios. Temos de nos exercitar!
  • Talvez o pior lapso seja a soberba. Achar que sabe tudo é pavimentar a estrada do fracasso. Humildade sempre!
  • Erro habitual é querer estudar só as matérias que gosta. Devemos estudar mais são os conteúdos que não sabemos nada!
  • Talvez o maior erro seja não querer dormir nas proximidades da prova para estudar mais. Se não dormir, não aprende e não passa. não dê ouvidos a coisas do tipo: “estude enquanto eles dormem”. Saiba, os aprovados dormem.
  • Acreditar em métodos mágicos para decorar tudo. Não existe magia. O que funciona é estudar e compreender a lógica das coisas. Nada de decoreba!
  • Estabelecer metas muito difíceis ou impossíveis.
  • Não acreditar em si próprio.
  • Desistir, procrastinar, deixar para começar “amanhã”, só quando tudo estiver certo.

Descansar também é importante?

Sim. Mas você já descansa quando dorme. Então, bora estudar!!!!!!!!!

Conforme já citamos aqui, durante o estudo, tente estudar 50 minutos e descansar 10 minutos. Assim, você consegue estudar por horas e não irá perder a concentração. Mas descanso é descanso. Não é mexer no celular, ficar em redes sociais. É pra descansar a cabeça. Alongar as pernas, as costas, por ter ficado tempo sentado. Feche os olhos, olhe para uma paisagem. Realmente descanse e VOLTE PARA OS ESTUDOS!

Se for achar que precisa de um dia de folga. Faça isso! Não se culpe. Aproveite esse dia. Desligue-se dos estudos nesse momento. Viva cada momento. Mas VOLTE PARA OS ESTUDOS.

Na hora da prova, o que o aluno precisa observar para ter um bom desempenho?

O dia da prova é o grande teste!

  • Chegue cedo! Por mais que todos falem isso, imprevistos acontecem e chegar no horário na prova, cansado, suado, poderá afetar seu rendimento, pois, no mínimo, gastará alguns minutos do precioso tempo de prova para voltar a calma.
  • Comece pelas disciplinas que você mais gosta, que se sente mais preparado, assim, não perderá muito tempo e irá render mais.
  • Quanto ao tempo para cada questão, calcule dividindo o tempo de prova pela quantidade de itens. Isso lhe dará uma média por questão. Separe o tempo para a redação e lembre que ainda deverá transcrever para o cartão de respostas. Então, não adianta ficar perdendo muito tempo numa questão.
  • Evite mudar as respostas! Se mudou é porque está em dúvida, então deixe a primeira resposta. Normalmente, quando mudamos a resposta, o gabarito será, justamente, aquela resposta anterior.

Para finalizar!

  • COMECE A ESTUDAR!
  • Não há e não acredite em fórmulas mágicas. Estudo é preparação, é persistência, é tempo de dedicação. Não desanime, porque seu rendimento está baixo, continue, porque ele irá melhorar!
  • Curso preparatório para concurso é uma grande ferramenta, um grande aliado, porque indiretamente você terá uma meta a cumprir. Mas estude diariamente, não aposte todas as fichas no curso. Os professores irão orientar, dar as dicas, passar os assuntos mais importantes, explicar os pontos mais difíceis, porém, você precisa estudar sozinho para fixar.
  • Não perca tempo em achar a melhor estratégia, o melhor local, o melhor momento. Simplesmente, sente e começa a estudar.
  • Não se preocupe com a concorrência ou com o que os outros pensam. Fixe seu objetivo e corra atrás dele. Pode ser o concurso mais difícil, mas se você estiver preparado, você será aquele concorrente que os outros terão medo. Você é a sua própria concorrência!
  • Não se preocupe com a idade…sou muito novo, sou muito velho. Isso não existe! Lute com suas armas. O mais novo olha para o mais velho pensando: ele tem mais experiência, terá mais chances. O mais velho acha que o mais novo tem mais energia. Isso é pessimismo. Livre-se disso.
  • Acredite em você e o sucesso será garantido.

• Aulas AO VIVO e GRATUITAS

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *