ATENDIMENTO: 0800 602 67 69

Redação para PCDF: dicas para gabaritar a prova

A prova de redação, sem dúvidas, é um dos grandes desafios para qualquer concurseiro. E no concurso para PCDF não vai ser diferente. Por isso, separamos informações importantes que serão indispensáveis na hora da prova.

Nesse artigo você vai saber:

  • Tipos textuais;
  • Critérios de Correção;
  • Como organizar os estudos;
  • Características e estruturas de textos;
  • Temas possíveis;
  • Os principais erros em provas de redação.

Então, vamos ao que interessa! 

E nessa jornada, é a nossa professora Vânia Araújo, licenciada em Letras, pela Universidade de Brasília (UnB) e que ministra aulas de Interpretação de textos e de redação discursiva há mais de dez anos, quem vai ajudar o Blog do IMP a decifrar todas essas questões.

Banca Cebraspe: redação para PCDF

Uma das grandes questões em qualquer prova de redação é o tipo de texto que será cobrado pela banca. Afinal, cada texto possui características próprias e o candidato precisa estar atento a isso. 

No caso do concurso PCDF, a banca é o Cebraspe. Conforme explica nossa professora , geralmente o Cebraspe cobra a dissertação expositiva, mas vale ficar alerta.

“O Cebraspe, regra geral, cobra a dissertação expositiva – tanto para os temas de atualidades quanto para os temas específicos.  Mas, desta vez, os candidatos precisam ficar mais atentos à leitura do comando, pois a Banca pode surpreender cobrando outro modelo de texto”, explica ela.

Critério de correção Cebraspe: redação para PCDF

Será o de sempre, no qual a banca direciona a quase totalidade da nota ao conteúdo e o restante para a apresentação e a estrutura (na prática, a nota é atribuída mesmo é à apresentação do texto.  Contudo, a novidade está no fato de que, agora, a Banca está apenando mais fortemente os erros gramaticais: na prova da PCDF, cada erro terá peso 6.

Em menos de 60 dias para a prova, qual a melhor maneira de organizar o estudo/treino para a disciplina de redação para PCDF?

O ideal é que o aluno treine duas redações por semana, para ganhar mais fluidez de pensamento e de escrita. Embora muitos alunos não levem esse conselho a sério, esse treino será crucial para dar a eles mais segurança na hora da elaboração do texto.

Existe um modelo de redação que o candidato pode seguir para fazer uma redação do Cebraspe?

Na verdade, hoje existem basicamente três modelos: 

  • O da dissertação expositiva – com roteiro, que tem uma estrutura bastante livre e conteúdo técnico/expositivo; 
  • A dissertação argumentativa – com roteiro, que segue o paradigma tradicional de dissertação e tem um conteúdo híbrido (que mescla exposição e opinião); 
  • E por fim, a dissertação argumentativa – sem roteiro, que segue o paradigma tradicional de dissertação e tem conteúdo essencialmente opinativo/persuasivo.

Qual modalidade de texto você acredita que será cobrado nas provas de redação para PCDF?

Com sinceridade, acredito que a Banca manterá a tradição de cobrar – para ambos os cargos – uma dissertação expositiva (com roteiro), composta por um tema e três aspectos relevantes do assunto elencados no comando.

Mas, por óbvio, eu procuro preparar meus alunos para as três modalidades, caso a Banca resolva surpreender!

Explique as características gerais e estrutura de texto dessa modalidade.

Vamos começar pela modalidade dissertativo-expositiva, a estruturação se dá da seguinte maneira: 

  • Primeiro a introdução: deve trazer uma apresentação do assunto;  
  • Segundo o desenvolvimento: deve trazer o esclarecimento de cada tópico do assunto elencado no comando e o candidato deve abrir um parágrafo para cada quesito. 
  • Terceiro a Conclusão: nas provas mais atuais do Cebraspe, o último tópico elencado já direciona o candidato para a finalização do texto, tendo em vista que ele já solicita a(s) proposta(s) de intervenção. 

Agora a modalidade dissertativo-argumentativa, a estruturação se dá da seguinte maneira: 

  • Primeiro a introdução: deve trazer a apresentação do assunto e o posicionamento do autor (tese). 
  • Segundo o desenvolvimento: deve trazer as ideias secundárias (argumentos) que servirão para embasar, fundamentar o posicionamento emitido na introdução. 
  • Terceiro a conclusão: deve trazer um fechamento da discussão e as propostas de intervenção.

É imprescindível que a redação tenha um título?

Ao contrário! É imprescindível que ela não tenha título. O Cebraspe nunca o solicita e, por isso, se o candidato colocar, será apenas sob a alegação de fazer uma marca no texto.

Quais os temas você indicaria aos alunos terem mais atenção e que podem ser cobrados nas provas de redação para PCDF?

Bom, eu aposto em temas como:

  • O policial operacional do futuro e o domínio das ferramentas tecnológicas;
  • O papel da Polícia Civil na preservação do princípio da dignidade humana em suas operações;
  • A segurança pública em tempos de pandemia; 
  •  A garantia do respeito aos direitos humanos no contexto da atual prática da segurança pública no Brasil; 
  • A Polícia Civil e sua importante missão de combater a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Em uma redação para o Cebraspe, quais os maiores erros cometidos pelos candidatos?

Em relação ao desenvolvimento do conteúdo, posso apontar dois erros graves:

1. Fuga parcial ou tangenciamento do tema, já que, por não conseguir decifrar adequadamente as informações do comando da redação, o candidato fornece informações que não foram solicitadas (ocasionando a fuga) ou que não dizem respeito especificamente ao contexto exigido pelo examinador (ocasionando o tangenciamento);

2. Fragilidade na abordagem do conteúdo, ocasionada pelo pouco domínio do assunto (causado pela ausência de leitura) pode ocasionar a falta de concretude nas ideias apresentadas, a qual fragiliza a argumentação. J

Já, em relação ao desempenho gramatical:

1. Construções gramaticais confusas, por causa de erros de concordância, regência e uso da vírgula, que impedem o candidato de transmitir de forma efetiva as suas informações;

2. Erros de coesão textual, devido à pouca familiaridade com o uso de elementos coesivos (como pronomes relativos e conjunções), que faz com que eles construam frases curtas ou períodos truncados.

Observar temas de provas anteriores pode ajudar o candidato a estudar?

Com certeza! Meu conselho é que procurem treinar  a redação com os temas que já foram cobrados nas provas das polícias civis de todos os estados.

O Cebraspe costuma repetir temas de redação?

Sim! É uma banca extremamente repetitiva. O caso da prova da PRF deste ano é a prova cabal de que ela repete temas, pois cobrou praticamente o mesmo tema (com alguns floreios) do certame passado (de 2018).

Para finalizar

Meu principal conselho é que nossos alunos não subestimem a prova de redação, pois, além de seu caráter eliminatório, há que considerar também que a pontuação a ela atribuída fará uma diferença enorme para a sua classificação no certame.  E, infelizmente, muitos só percebem isso tarde demais! Então, sugiro que acatem o conselho de quem conhece bem esta seara e que não deixem de treinar a produção textual.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *