ATENDIMENTO: 0800 602 67 69

Concurso BRB 2021: como estudar antes do edital

Com edital previsto para o segundo semestre, o Concurso do BRB 2021 tem 100 vagas confirmadas para a carreira de Tecnologia da Informação, sendo 50 vagas para preenchimento imediato e 50 para formação de cadastro reserva.

Vale ressaltar que todos os postos devem exigir nível superior de ensino.

Como começar a se preparar ?

Com essa boa notícia, os candidatos que querem seguir a carreira bancária não podem perder mais tempo.

A hora de iniciar os estudos é agora! 

Vale ressaltar que dá pra começar a estudar do zero e ser aprovado no concurso BRB 2021.

Claro que o Blog do IMP vai ajudar a planejar a sua reparação. Quem conversou com a gente foi o nosso especialista Juca Siade, professor e coordenador do projeto de Carreiras Bancárias aqui do IMP.

Com a palavra o especialista

Segundo Juca, estudar utilizando o edital do último concurso é uma boa estratégia, pois permite ao candidato ter ideia dos conteúdos cobrados. No último edital, publicado em 2019 para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação, há conhecimentos suficientes para dar início à jornada de estudos.

“É sempre bom analisar as provas anteriores do concurso em questão, ou mesmo de algum concurso da mesma banca organizadora e com proximidade de conteúdos exigidos. Assim, o candidato vai conhecer o grau de profundidade das questões cobradas, e isso evitará que o candidato trace um plano de estudo muito superficial ou muito complexo, evitando perda de tempo e favorecendo a eficácia nos estudos”, explica.

Concurso BRB 2021: plano de estudo

Ao elaborar um plano de estudo, o candidato deve considerar o tempo adequado para o aprendizado dos conteúdos. A partir disso, ele vai conseguir programar um período para fazer as revisões e as avaliações em quantidades adequadas, conseguindo assim reforçar o conhecimento adquirido e, também, adquirir o domínio do mesmo.

Em quais matérias o candidato deve focar antes do edital ser publicado?

As disciplinas a serem priorizadas, com vistas a motivar e impulsionar os estudos, são aquelas que o candidato tem maior familiaridade, no entanto nenhuma disciplina deve ser completamente excluída do processo. 

E depois da publicação do edital?

Após a publicação do edital é importante que o candidato reavalie sua estratégia de estudos, comparando os conteúdos previstos com aquilo que vem sendo estudado até então.

Feito isso, será a hora de focar no que comumente é cobrado em provas e exercitar bastante, por meio de questões, simulados, mapas mentais, esquemas etc.

É possível iniciar os estudos agora e ser aprovado?

Essa questão depende de vários fatores, tais como bagagem de conhecimento, tempo de preparação, dedicação e foco nos estudos, dentre outros, mas acredito que um candidato que inicie sua jornada “do zero” tenha sim condições de alcançar a aprovação.

Basta que esse candidato, em específico, entenda que a partir de agora existe uma corrida contra o tempo, mas que pode ser vencida com dedicação e esforço.

Fale um pouco sobre os benefícios da carreira?

São vários:

  • Jornada de trabalho de 30 horas semanais.
  • Possibilidade de ascensão profissional;
  • Incentivos financeiros para se especializar ou mesmo fazer um curso de idiomas;
  • Bom ambiente de trabalho;
  • Salário atrativo;
  • Benefícios, tais como auxílio alimentação, auxílio creche, vale cultura, dentre outros.
  • Participação nos lucros da empresa; e
  • Estabilidade.

Quais as atribuições do Analista de Tecnologia da Informação?

Analisando o último edital para o cargo, o Analista de TI deveria:

  • Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades, especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas de desenvolvimento e codificando aplicativos;
  • Administrar ambientes informatizados;
  • Prestar suporte técnico e elaborar documentação técnica; 
  • Estabelecer padrões, coordenar projetos e oferecer soluções para ambientes informatizados e pesquisas tecnológicas em informática.

Alguma dica para a prova discursiva?

A prova discursiva, muito provavelmente, terá relação com os conhecimentos específicos para o cargo. Mas não é somente isso! É necessário que o candidato entenda que o tema também guardará relação com o mercado financeiro.

Portanto, a minha dica é acompanhar os assuntos atuais e recentes sobre inovações tecnológicas no mercado financeiro. De uns 5 anos para cá, muita coisa nesse sentido aconteceu no Brasil e ainda há muito acontecendo.

Por ser um certame concorrido, qual a sua dica pessoal para quem sonha com a aprovação?

Conversando um dia desses com um amigo que foi aprovado num concurso super concorrido, ele me disse que, faltando poucos dias para a prova, percebeu que não havia estudado “Direito Ambiental” como deveria. Foi então que buscou questões sobre o assunto nas provas de concursos anteriores e percebeu que determinados temas apareciam com frequência nelas.

Como o fator “tempo” não lhe era mais favorável, resolveu se aplicar apenas àquilo que mais era cobrado. Resultado: gabaritou todas as questões de Direito Ambiental que apareceram em sua prova. Essa história reforça o que sempre digo aos alunos:

Portanto, estude para ser aprovado! Tenha foco naquilo que mais importa no momento, naquilo que mais foi cobrado em provas anteriores.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *