ATENDIMENTO: atendimento@imponline.com.br

Concurso TJDFT 2022: como ser aprovado?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Edital publicado, provas em 29 de maio para os cargos para Analista e Técnico e 122 vagas para nível médio e superior. A banca responsável será a Fundação Getúlio Vargas (FGV), e se você está se preparando para o concurso do TJDFT 2022 não deixe de ler este artigo.

São mais de 90 dias para você aproveitar e ter foco total na otimização dos seus estudos e conquistar a sua tão sonhada vaga. Então mão à obra.

Dicas de preparação

O Blog do IMP convocou o professor Sérgio Gaúcho, bacharel em Direito, pós graduado em Direito Constitucional, servidor público do TJDFT e professor há mais de dez anos, para te dar aquela força.

Nosso especialista separou tópicos importantes e falou sobre o edital, a banca FGV, rotina de estudos, revisão, entre outros tópicos fundamentais. 

E tem mais, no final do artigo, tem aula online gratuita sobre Direito Administrativo e Leis e um Raio X completo do certame.

Com relação ao edital, alguma grande modificação em relação aos editais anteriores?

Não houve grandes alterações em relação aos editais dos concursos anteriores do TJDFT, com exceção, obviamente, da mudança da banca organizadora. A novidade que, por sinal, já era esperada, foi a inclusão do Provimento do PJE, dentro dos conteúdos de Legislação.  

Além disso, as duas boas surpresas foram a existência de vagas para áreas que não eram comumente contempladas nos editais do TJDFT, como por exemplo, Administração, Serviço Social, Estatística e Arquivologia; e a data da prova com praticamente 4 meses a partir da publicação do edital.

Com relação a banca FGV, qual a sua principal dica para o candidato para o concurso do TJDFT 2022?

A prova da FGV é cansativa. Costumam ser questões extensas, mas a resposta está em algumas palavras chaves. Então é muito importante que o candidato faça muitas questões da banca para se familiarizar com o estilo. Em termos de abordagem do conteúdo, considero as questões mais fáceis do que de outras bancas. Porém, se o candidato não treinar terá dificuldade em interpretar a questão e localizar a resposta com mais rapidez.

Quais as principais matérias para estudar?

Eu não defendo que o candidato deva estudar apenas as matérias principais. Todas são importantes e têm peso na prova. Cabe ao candidato, individualmente, verificar qual a sua maior dificuldade e, dentro de cada disciplina procurar uma orientação com profissional especializado. No entanto, uma disciplina que costuma ser bem difícil nas provas da FGV é a Língua Portuguesa.

Como organizar uma rotina diária de estudos que contemple todo o conteúdo até o dia da prova?

A rotina depende da quantidade de horas que cada um possui para estudar. Mas a dica base é separar todo o conteúdo e colocar metas diárias para serem cumpridas.

Como se organizar para fazer uma boa revisão para o concurso TJDFT 2022?

A revisão deve ser realizada diariamente, revendo os tópicos estudados no dia anterior para ir relembrando os assuntos. Sempre antes de começar estudar o conteúdo previsto para o dia, rever as anotações realizadas no dia anterior.

Assim, o candidato não acumula conteúdo. É fundamental montar fichas de estudos com os principais tópicos e pontos mais relevantes. ,

É válido usar provas anteriores?

É imprescindível fazer provas anteriores, mas da banca FGV. As provas dos concursos anteriores foram realizadas pelo CESPE/CEBRASPE, então, não adianta estudar por elas.

Raio X: concurso TJDFT 2022

Leia também:

TJDFT: edital publicado com remuneração inicial a partir de R$7.591,39

Concursos Tribunais 2022: não perca a sua chance!

Categorias

Notícias recentes

Curta o IMP Online

Fique por dentro

Se inscreva já pra receber as notícias em primeira mão!

Concursos em Destaque