ATENDIMENTO: atendimento@imponline.com.br

Como analisar um edital de concurso: tudo o que você precisa saber

 O que ler? Como entender? Quais as informações importantes? São algumas das dúvidas mais comuns dos candidatos na hora de analisar um edital de concurso.

Não importa o tempo que você está se preparando, saber como analisar um edital de concurso é uma peça fundamental para a sua aprovação. Apesar disso, tem muita gente que despreza esse documento e acaba perdendo informações valiosas que podem custar a sua aprovação.

Então, se você tem dúvidas ou acaba se enrolando nessa tarefa, esse artigo é para você. 

O Blog do IMP, junto com nosso especialista Décio Sousa, graduado em Gestão Empresarial, Bacharel em Direito, Pós graduado em Direito Penal e Processual Penal, vai responder as principais dúvidas e dar dicas que vão descomplicar sua vida.

O que é um edital?

Para começar, vamos apresentar uma definição simples do que é um edital de concurso. 

Popularmente chamado de A Lei do Concurso, é um ato público que tem a finalidade de positivar todas as diretrizes do certame. Traz informações sobre o cargo, pré-requisitos para investidura, cronograma de datas e horários das fases do certame, matérias que serão exigidas na prova, etc.

Você sabe como analisar um edital de concurso?

Certamente, a maioria das pessoas têm muita dificuldade nisso. E aqui estamos falando de todos os níveis de candidatos, desde aqueles que já estudam há muito tempo como aqueles que iniciaram os estudos recentemente.

Assim sendo, você precisa entender que analisar um edital de concurso não é uma tarefa simples e não deve ser feita de qualquer jeito. Consequentemente, requer organização, atenção e foco, pois o texto, além de cansativo, cheio de detalhes e de palavras difíceis de entender, pode levar a interpretações diferentes.

Leitura do edital

Para que você não seja um daqueles candidatos que acabam tropeçando nos detalhes, entenda em primeiro lugar que ler todo o edital sem preguiça e compreender a sua relevância é imprescindível.

“A leitura de TODO o edital é o mínimo que um candidato realmente interessado deve realizar. Nos dias de hoje, com o nível de informações e tanta acessibilidade a elas, com o alto nível de candidatos e preparatórios, não há que se falar em processo lento de leitura de edital e dificuldade de entendimento”, explica Décio.

Passo a passo de como analisar um edital de concurso

Diante disso, concurseiro, nós vamos te ajudar a se organizar com um roteiro de perguntas e respostas sobre as principais dúvidas dos candidatos na hora de analisar um edital de concurso. 

Como ler um edital?

Sempre do início ao fim. Não há tanta necessidade de pular etapas. O edital de qualquer certame não é equivalente a um livro de doutrina ou uma gramática, por exemplo. Logo, todo ele é essencial. O candidato deve ler e entender o seu edital de ponta a ponta.

Quais as seções do documento?

  • DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
  • DOS CARGOS
  • DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A INVESTIDURA NOS CARGOS
  • DAS VAGAS
  • DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO
  • DA PRIMEIRA ETAPA DO CONCURSO
  • DA PROVA OBJETIVA e DISCURSIVA (caso tenha)
  • DO EXAME DE APTIDÃO FÍSICA (caso tenha)
  • DA AVALIAÇÃO MÉDICA
  • DA PROVA ORAL (caso tenha)
  • DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS (caso tenha)
  • DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA (caso tenha)
  • DA INVESTIGAÇÃO SOCIAL (caso tenha)
  • DA NOTA FINAL NA PRIMEIRA ETAPA
  • DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE NA PRIMEIRA ETAPA
  • DA NOMEAÇÃO
  • DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
  • DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO (HABILIDADES E CONHECIMENTOS = MATÉRIAS COBRADAS)
  • ANEXOS

Você aconselha o candidato a fazer um resumo?

Depois da leitura COMPLETA do edital, SIM. Depois, planilhar os assuntos que serão cobrados na prova (Edital Verticalizado), e ter sempre em um local visível as datas das fases.

Quais os principais deslizes cometidos pelos candidatos no momento de leitura do edital?

Negligência na leitura das datas das fases e nos assuntos exigidos na prova.

Muitos candidatos acabam estudando matérias que nem são pedidas no edital. Por que isso acontece?

Normalmente, quem comete esse GRAVE ERRO são candidatos incipientes ou que não foram orientados por profissionais qualificados.

Como evitar esse erro?

Primordialmente, se preparar em Cursos Preparatórios de qualidade é essencial. Pois assim, o professor de cada matéria específica traduzirá o edital corretamente para o aluno e o conduzirá na direção certa.

Depois da leitura, como organizar o cronograma de estudos das matérias?

Primeiro: matérias que possuem o maior peso (pontuação na prova)

Segundo: dentro de cada matéria, focar nos assuntos que possuem mais concordância com o cargo.

Por fim: se for uma opção indispensável (devido ao curto prazo, etc), escolher as matérias que NÃO serão estudadas ou, caso haja tempo hábil, que serão estudadas por último.

O que são as retificações do edital?

São as alterações que ocorrem no certame após a data do edital de abertura.

Qual a importância de o candidato estar atento a essas retificações?

É de suma importância que o candidato acompanhe semanalmente o site da Banca Organizadora para tomar ciência de TODAS as retificações que possam ocorrer, pois datas e matérias/assuntos podem ser alteradas.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *