Concurso CNU: editais publicados; confira todos os detalhes!

Concurso CNU: editais publicados; confira todos os detalhes!

Finalmente foram publicados os editais do concurso CNU (Nacional Unificado)! Os documentos foram anunciados em live do MGI, realizada nesta quarta-feira (10/1) e saíram em edição extra do Diário Oficial da União.

O certame contará com inscrição única, que valerá para selecionar os candidatos para mais de um órgão.

Esta é uma oportunidade única de se tornar servidor e garantir sua estabilidade. Clique no link abaixo para mais detalhes:

QUERO SER APROVADO NO CONCURSO CNU

Quais os blocos temáticos?

O concurso CNU apresentou nova estruturação dos blocos temáticos, veja:

  • Edital Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias
  • Edital Bloco 2 – Setores Econômicos, Infraestrutura e Regulação
  • Edital Bloco 3 – Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário
  • Edital Bloco 4 – Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação
  • Edital Bloco 5 – Políticas Sociais, Justiça e Saúde
  • Edital Bloco 6 – Trabalho e Previdência
  • Edital Bloco 7 – Dados, Tecnologia e Informação
  • Edital Bloco 8 – Nível Intermediário

Serão aprovados 13.280 candidatos, duas vezes maior que o número de vagas imediatas. A formação do cadastro reserva será utilizado para processos de contratação temporária, sem sair do cadastro para cargos efetivos.

Com estão divididas as vagas dos editais por bloco?

Conforme consta nos editais, os quantitativos de oportunidades por bloco de conhecimento são os seguintes:

  • Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias: 727 vagas
  • Bloco 2 – Tecnologia, Dados, e Informação: 597 vagas
  • Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas: 530 vagas
  • Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor: 971 vagas
  • Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: 1.016
  • Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação: 359 vagas
  • Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública: 1.748 vagas
  • Bloco 8 – Nível Intermediário: 692 vagas

Inscrições do concurso CNU

As candidaturas devem ser realizadas do dia 19 de janeiro a 9 de fevereiro de 2023, em sua conta na plataforma Gov.br.

Para homologar, é necessário preencher os formulários e anexar os documentos exigidos no edital. 

O valor das taxas de inscrições foi estipulado em R$ 60 para vagas de nível médio; e de R$ 90 para vagas de nível superior. 

O candidato deverá realizar uma ÚNICA inscrição por bloco. Ou seja, o candidato fará a escolha pelas carreiras em cada um dos blocos temáticos. 

Após isso, é necessário sinalizar a preferência entre os cargos e depois entre as especialidades, caso houver.

Isenção das inscrições do CNU

Estão isentos desse pagamento os seguintes interessados:

  • quem integra o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico)
  • aqueles que cursam ou cursaram faculdade pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies)
  • Programa Universidade para Todos (ProUni)
  • assim como aqueles que realizaram transplante de medula óssea

 Cotas dos editais

Os editais do concurso CNU reservaram percentuais de cotas no certame, conforme pode ser visto abaixo:

  • 5% do total de vagas de cada um dos cargos a candidatos com deficiência
  • 20% a candidatos negros
  • 30% das vagas para a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) para candidatos de origem indígena

Como serão as provas do concurso CNU? 

Como forma de avaliaçãos, os interessados serão submetidos a cinco etapas, sendo elas as seguintes:

  • 1° fase: provas objetivas e discursivas
  • 2° fase: perícia médica: reserva de vagas para pessoas com deficiência
  • 3° fase: procedimento de verificação da condição declarada – reserva de vagas para pessoas negras
  • 4° fase: procedimento de verificação documental complementar – reserva de vagas para indígenas

As provas do concurso estão previstas para serem aplicadas no dia 5 de maio de 2024, e compostas da seguinte forma: 70 questões objetivas para os cargos de nível superior e 60 questões objetivas para os cargos de nível médio.

Além disso, os candidatos serão avaliados por meio de questão discursiva para os cargos de nível superior e uma redação para os cargos de nível médio. Confira abaixo:

Matutino 

  • 2h30 de prova
  • Nível superior - provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimento específico do bloco;
  • Nível médio - provas objetivas (20 questões) + redação.

Vespertino

  • 3h30 de prova
  • Nível superior - provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);
  • Nível médio - provas objetivas (40 questões).

    As questões de conhecimentos específicos terão pesos diferentes de acordo com o cargo pretendido pelos candidatos.

    O que estudar para o concurso CNU?

    Conhecimentos básicos - comuns a todos os cargos

    • Políticas Públicas
    • Desafios do Estado de Direito: Democracia e Cidadania
    • Administração Pública Federal
    • Finanças Públicas
    • Ética e Integridade
    • Diversidade e Inclusão na Sociedade

     

    Nesta quinta-feira, dia 11 de janeiro, você acompanha uma live pensada exclusivamente para te ajudar a escolher o bloco temático ideial para você. É a partir das 8h, clique abaixo e ative as notificações:

     

     

    MATÉRIA EM ATUALIZAÇÃO, ATUALIZE PARA MAIS INFORMAÇÕES!

    Voltar para o blog

    Ficou com alguma dúvida?

    Entre em contato com o nosso atendimento